Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/5026
wcag
Title: Metodologias de intervenção do terapeuta ocupacional em contexto escolar com crianças com necessidades educativas especiais em Portugal
Authors: Maia, Andreia Sofia Nabiço
Santana, Maria Raquel
Pestana, Susana
Keywords: Necessidades Educativas Especiais
Contexto Escolar
Metodologias de Intervenção
Terapia Ocupacional
Issue Date: 2016
Abstract: Introdução: Os alunos com Necessidades Educativas Especiais devem ser inseridos em turmas regulares, recebendo todos os serviços educativos adequados que possibilitem o desenvolvimento de competências e capacidades dos mesmos. O sucesso da inclusão escolar depende da parceria entre os vários profissionais a intervir em contexto escolar. A importância do terapeuta ocupacional inserido numa equipe em contexto escolar já é reconhecida e valorizada pela comunidade, e é alvo de muitos estudos. Objetivo: Identificar as metodologias de intervenção utilizadas pelos terapeutas ocupacionais em Portugal, em contexto escolar, com crianças com Necessidades Educativas Especiais, de forma a aferir as metodologias mais comuns, bem como os aspectos relevantes que fazem parte do processo terapêutico. Método: Trata-se de uma investigação de caráter não experimental com base descritiva e transversal. Inicialmente, foi elaborado um questionário semiestruturado, de natureza quantitativa, que foi ministrado aos terapeutas ocupacionais que trabalham ou tenham trabalhado havia menos de três anos em contexto escolar. Resultados: A amostra é composta por 40 terapeutas ocupacionais, 37 são do sexo feminino e três são do sexo masculino. A maioria dos indivíduos (77,5%) trabalha atualmente em contexto escolar. Os terapeutas ocupacionais intervêm principalmente com crianças, cujas idades estão compreendidas entre os 6 e os 18 anos. Conclusão: Verifica-se que as metodologias mais utilizadas pelos terapeutas ocupacionais são a atividade lúdica/brincar terapêutico e o treino de atividades da vida diária. A equitação com fins terapêuticos e a hipoterapia representam as metodologias menos utilizadas em contexto escolar, em que cada uma foi selecionada por 10% dos terapeutas.
Peer reviewed: yes
URI: http://hdl.handle.net/20.500.12207/5026
metadata.dc.identifier.doi: http://dx.doi.org/10.4322/0104-4931.ctoAO0695
Publisher version: http://www.cadernosdeterapiaocupacional.ufscar.br/index.php/cadernos/article/view/1338/767
Appears in Collections:D-SA - Artigos em revistas com peer review

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
1338-6537-1-PB.pdf951.22 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons