Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/4839
wcag
Title: Análise Comparativa de Métodos de Avaliação de Riscos Profissionais: Método de Autoavaliação versus Método de Tradicional
Authors: Bento, Patrícia Alexandra Rodrigues
Orientador: Isidoro, Rui
Keywords: Avaliação de riscos
MPE
Acidentes de trabalho;
Doenças profissionais
Prevenção dos riscos
Oira
Setor da construção civil
Setor da panificação
Issue Date: 18-May-2018
Citation: Bento, P. (2018). Análise Comparativa de Métodos de Avaliação de Riscos Profissionais - Método de Autoavaliação versus Método de Tradicional. (Dissertação de mestrado não publicada). Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Tecnologia e Gestão.
Abstract: presente dissertação insere-se no âmbito da avaliação de riscos profissionais de SHST em duas MPE, uma do setor da construção civil e outra do setor da panificação, através de um método de autoavaliação - aplicação OiRA. E comparação deste método com um método de avaliação de riscos profissionais – MARAT, realizado pela empresa externa prestadora de serviços de SHST das empresas em estudo. Como para MPE a prevenção dos riscos não é o principal objetivo ou preocupação. A gestão eficaz da SHST, é essencial para assegurar o bem-estar dos trabalhadores, sobrevivência económica e a competitividade das MPE. Sendo que de um modo geral, os riscos de lesões graves e mortais são significativamente maiores para os trabalhadores das MPE do que para os que trabalham em médias e grandes empresas. Neste sentido, a EU-OSHA desenvolveu a aplicação OiRA, uma plataforma Web, que foi concebida para ser utilizada pelas MPE, que permite a criação de ferramentas de avaliação de riscos, adaptada às necessidades específicas das empresas. Após a realização da avaliação dos riscos através da aplicação OiRA, nas empresas em estudo e comparação com o método de avaliação de riscos – MARAT, verificou-se que a aplicação OiRA revelou ser um método de avaliação de riscos mais completo, mais dinâmico e que permite a participação dos trabalhadores na identificação e resolução de problemas nas empresas, aumentando a consciencialização, minimização e redução dos acidentes e doenças profissionais nas empresas.
URI: http://hdl.handle.net/20.500.12207/4839
Designation: Dissertação de mestrado em Segurança e higiene no trabalho. Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Tecnologia e Gestão, 2018
Appears in Collections:D-ENG - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Patricia Bento_PDFA.pdf1.52 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons