Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/4645
wcag
Title: Estudo do efeito dos insetos polinizadores (Bombus terrestris L.) na produção e na qualidade dos frutos da pereira ‘Rocha’
Authors: Nascimento, Carolina Soares do
Orientador: Regato, Mariana Augusta Casadinho Parrinha Duarte
Sousa, Rui
Keywords: Pereira ‘Rocha’
Floração
Bombus terrestris L.
Polinização entomófila, e vingamento
Issue Date: 23-Jun-2017
Citation: Nascimento, C. (2017). Estudo do efeito dos insetos polinizadores (Bombus terrestris L.) na produção e na qualidade dos frutos da pereira ‘Rocha’. (Dissertação de mestrado não publicada). Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior Agrária.
Abstract: O estágio curricular a que corresponde a presente dissertação de mestrado realizou-se no Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária, no polo de Alcobaça (ex- Estação Nacional de Fruticultura Vieira Natividade). O trabalho realizado teve como objetivos principais: 1. Determinar a eficácia na polinização do inseto Bombus terrestris L. em função da distância à colmeia; 2. Determinar a percentagem de vingamento dos frutos; 3. Verificar o efeito da polinização realizada pelos insetos Bombus terrestris L. na quantidade e qualidade dos frutos. Este ensaio constou na marcação das árvores de pereira ‘Rocha’, de acordo com o delineamento experimental. Posteriormente marcou-se quatro corimbos por árvore, correspondendo aos quatros quadrantes (N-S-E-O). As observações foram semanais para analisar os estados fenológicos, determinar a percentagem de vingamento dos frutos, assim como determinar a distância de voo dos insetos polinizadores. Após a colheita dos frutos da pereira ‘Rocha’, procedeu-se à análise qualitativa (peso, calibre, altura, dureza, teor de sólidos solúveis totais e número de sementes). Os resultados não foram muito significativos no que toca à determinação das distâncias de voo do inseto Bombus terrestris L. Verificou-se que estes se mantinham mais próximos da colmeia. Possivelmente devido a que durante a fase da floração as condições climatéricas não foram as mais favoráveis ao voo dos insetos e posteriormente ao vingamento dos frutos. Ao isolar-se os corimbos, de acordo com o delineamento experimental, para impedir a realização da polinização pelos insetos polinizadores verificou-se que afetou diretamente a percentagem de vingamento dos frutos da pereira ‘Rocha’. No entanto, de acordo com análise estatística, não houve diferenças significativas entre a percentagem de vingamento dos corimbos isolados e a percentagem de vingamento dos corimbos livres. Em relação à quantidade e qualidade dos frutos, a polinização cruzada apenas influenciou a relação calibre/altura e o número de sementes por fruto.
URI: http://hdl.handle.net/20.500.12207/4645
Designation: Dissertação de mestrado em Agronomia. Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior Agrária, 2017
Appears in Collections:D-BIO - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Carolina Nascimento.pdf32.44 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons