Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/4574
wcag
Title: Aplicação da alta pressão na conservação de bombons
Authors: Lage, Patrícia Coelho
Orientador: Dias, João Jorge Mestre
Alvarenga, Nuno Bartolomeu
Keywords: Tempo de vida útil
Bombons
Alta pressão
Conservação
Chocolate
Reologia
Issue Date: 28-Apr-2017
Citation: Lage, P. (2017). Aplicação da alta pressão na conservação de bombons. (Dissertação de mestrado não publicada). Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior Agrária.
Abstract: O presente trabalho teve por objectivo a avaliação do tempo de vida útil de bombons submetidos ao tratamento de alta pressão, utilizando como termo de comparação um ensaio controlo, onde os bombons foram apenas mantidos a 20°C e um ensaio em que as amostras foram conservadas a 4°C. Para tal foi necessário a monitorização das propriedades físico-químicas, microbiológicas e estruturais dos bombons e a optimização das variáveis envolvidas no processo de produção e conservação: i) seleção do tipo de tratamento (alta pressão, refrigeração ou testemunho); ii) seleção dos ciclos de tratamento (400MPa/2,5minutos ou 500MPa/1minuto); iii) temperatura de conservação (20 °C, ou 4 °C); iv) tempo de conservação (dos 0 aos 180dias). Relativamente à revisão bibliográfica, foi feita pesquisa acerca dos desenvolvimentos históricos da tecnologia de alta pressão, princípios gerais e descrição do processo, efeito do tratamento, assim como de factores que o possam influenciar. As metodologias seguidas incluíram a produção de bombons, com recheio constituído por natas e chocolate branco e cobertura de chocolate negro, seguida da avaliação físico-química (humidade, aw, pH, cor), microbiológica (mesófilos aeróbios totais, bolores e leveduras) e de reologia. Os melhores resultados observara.se no ensaio mantido a 4°C. Comparativamente, no tratamento de alta pressão, o ensaio a 400MPa foi o mais negativo relativamente à humidade e o ensaio a 500MPa o menos eficaz ao nível do aw, pH, cor e modulo de armazenamento (G’). Contudo, nas análises microbiológicas, este ultimo foi mais eficiente que o anterior (400MPa) e que o testemunho (0,1MPa/20°C).
URI: http://hdl.handle.net/20.500.12207/4574
Designation: Dissertação de mestrado em Eng.ª Alimentar. Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior Agrária, 2017
Appears in Collections:D-TCA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Patrícia Lage.pdf5.16 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons