Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/5316
wcag
Title: Projeto de internacionalização para a Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos
Authors: Môlho, Marta Alexandra Francisco
Orientador: Basílio, Maria
Vieira, Sónia
Keywords: Internacionalização
Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos
Azeite
Exportação
Issue Date: 17-May-2019
Citation: Môlho, M. (2019). Projeto de internacionalização para a Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos. (Dissertação de mestrado não publicada). Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Tecnologia e Gestão.
Abstract: O desenvolvimento que se tem feito notar na agricultura, ao mesmo tempo que facilita uma série de tarefas e aumenta a produtividade, traz consigo consequências, tais como saturação do mercado. Desta forma, procuram-se estratégias de viabilizar a produção e transformação, neste caso, de azeite. Este estudo visa a criação de uma estratégia de internacionalização viável para a CAMB, de forma a escoar todo o azeite produzido pelas nossas instalações, pelo menos a quantidade que o mercado português não tem, e não terá, capacidade de absorver. Para isso, para além da literatura consultada para o fazer, tratou-se ainda de entrevistar empresas semelhantes, quer no setor, quer na localização, como forma de retirar lições e ensinamentos de quem já passou pelo processo que se tenciona por em prática. Chegamos à conclusão que possuímos produtos de grande valor nos mercados, tanto Europeu como dos EUA ou China, sendo apenas necessário selecionar o produto ideal para cada um deles, bem como a estratégia de internacionalização que mais se adequa a cada um deles a curto e longo prazos. Os resultados do estudo empírico, permitiram concluir que a opção mais aconselhada seria tentar a exportação para países do norte da Europa, com produtos Premium, e para os EUA e China, exportar azeite virgem extra ou virgem, com uma aposta nas quantidades. Para chegar a estes mercados é importante a organização de ações de prospeção com apoio de operadores estratégicos, a presença em feiras e eventos alimentares e a organização de missões inversas (visita dos potenciais clientes internacionais à região e à CAMB). Numa perspetiva de médio/longo prazo, a aposta recai sobre a hipótese de uma aliança, que permitiria ganhar escala e aumentar o peso concorrencial dos produtores portugueses, nos mercados externos.
URI: http://hdl.handle.net/20.500.12207/5316
Designation: Dissertação de mestrado em Contabilidade e Finanças. Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Tecnologia e Gestão, 2019
Appears in Collections:D-CE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Marta+Môlho_Dissertação.pdf1.74 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons