Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/5187
Full metadata record
wcag
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLobo, Ana-
dc.contributor.advisorRzepa, Henry-
dc.contributor.authorChaves, Humberto-
dc.date.accessioned2020-01-31T13:18:30Z-
dc.date.available2020-01-31T13:18:30Z-
dc.date.issued1998-06-
dc.identifier.citationChaves, H. T. (1998) Química computacional aplicada ao estudo de mecanismos de reacções químicas. Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa.por
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/20.500.12207/5187-
dc.descriptionTese de doutoramento, especialidade em "Química Orgânica", Faculdade de Ciências e Tecnologia. Universidade Nova de Lisboa.1998por
dc.description.abstractEste trabalho reporta-se ao estudo de várias reacções químicas por modelação computacional das espécies intervenientes: reagentes, intermediários, estados de transição e produtos. Na primeira parte da dissertação estuda-se a reacção de equilíbrio entre uma O-acil- hidroxilamina e o respectivo ácido hidroxâmico. As O-acil-hidroxilaminas são mais estáveis do que os correspondentes ácidos hidroxâmicos, se tiverem substituintes aromáticos ligados ao átomo de azoto, sendo a energia de activação necessária para passar ao ácido hidroxâmico maior do que se tiverem substituintes alifáticos no átomo de azoto. No casos dos ácidos hidroxâmicos, é precisamente o oposto: são mais estáveis se tiverem substituintes alifáticos ligados ao átomo de azoto. O mesmo se passa quando o ácido hidroxâmico e a O-acil-hidroxilamina estão ionizados em meio básico. Os estados de transição aniónicos têm valores de calores de formação mais baixos relativamente às correspondentes espécies neutras. Na segunda parte da dissertação são estudados dois possíveis mecanismos para a reacção de aziridinação de alcenos com O-acil-hidroxilaminas. Verificou-se que a reacção é energeticamente mais favorável se se postular em primeiro lugar a transformação da hidroxilamina numa oxaziridina, que reaja subsequentemente com o alceno. O outro mecanismo menos favorável é a reacção directa da hidroxilamina com o alceno. Verificou-se também, que a reacção é mais favorável se for feita em meio básico, o que está de acordo com os resultados experimentais referidos na literatura. Na terceira parte do trabalho, confirma-se a influência de um ácido de Lewis e de um grupo que constitua impedimento estereoquímico numa reacção de Diels-Alder, fazendo com que praticamente apenas um isómero se produza (anti-endo). Este estudo foi feito através da determinação dos estados de transição da reacção envolvendo a variação das três ligações críticas determinantes para a reacção. Por último, estuda-se a estereoquímica da oxidação de ditianos com periodato e ácido perfórmico, calculando-se os calores de formação e as distâncias das ligações críticas, nomeadamente da ligação S-O do produto, para os estados de transição respectivos. Os valores calculados para a reacção com periodato e ácido perfórmico justificam teoricamente o resultado experimental encontrado para a mono-oxidação de 1,3-ditianos que dá origem a um sulfóxido em posição equatorial, mas não explicam claramente a segunda oxidação que origina o 1,3-dissulfóxido com o último oxigénio em posição axial. Contudo, cálculos ab initio realizados permitem racionalizar a estereoquímica da reacção em ambos os átomos de enxofre, nomeadamente a introdução preferencial do segundo oxigénio em posição axial.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/por
dc.subjectQuímica computacionalpor
dc.subjectO-acil-hidroxilaminaspor
dc.subjectÁcido hidroxâmicopor
dc.subjectAziridinaçãopor
dc.subjectReacção de Diels-Alderpor
dc.subjectEstados de transiçãopor
dc.subjectDitianospor
dc.subjectModelação computacionalpor
dc.titleQuímica computacional aplicada ao estudo de mecanismos de reacções químicaspor
dc.typedoctoralThesispor
dc.peerreviewedyespor
dc.pagination189 ppor
Appears in Collections:D-TCA - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Tese HC.pdf3.65 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons