Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/4543
wcag
Title: Determinação da curva de voo e possíveis hospedeiros alternativos da praga Drosophila suzukii (Matsumura) (Diptera: Drosophilidae) na cultura da framboesa na região do Algarve
Authors: Rosa, Pedro José Guerreiro
Orientador: Patanita, Maria Isabel Fernandes Cardoso
Keywords: Drosophila suzukii
Armadilha
Monitorização
Framboesa
Hospedeiros alternativos
Issue Date: 27-Jul-2016
Citation: Rosa, P. (2016). Determinação da curva de voo e possíveis hospedeiros alternativos da praga Drosophila suzukii (Matsumura) (Diptera: Drosophilidae) na cultura da framboesa na região do Algarve. (Dissertação de mestrado não publicada). Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior Agrária.
Abstract: Nos últimos anos muito se tem falado da produção dos pequenos frutos em Portugal, nomeadamente da framboesa, sobretudo pelas condições edafo-climáticas para a sua produção e de como se pode produzir frutos de sabor, cor e aroma inigualáveis. Segundo a FAO (2014), Portugal apresenta grande relevância na produção destes pequenos frutos, originando uma grande importância económica para o país. A chegada da Drosophila suzukii a Portugal em 2012 (EPPO, 2012), veio provocar um grande impacto económico na cultura dos pequenos frutos. Com a necessidade de combater esta praga através de meios de luta amigos do homem, do ambiente e dos seres vivos, os agricultores caminharam no sentido da protecção integrada. Em protecção integrada é importante avaliar a possibilidade utilizar armadilhas alimentares para a estimativa do risco e monitorização das populações da praga. Neste trabalho foi proposto estudar as curvas de voo desta praga na cultura da framboesa na região do Algarve, relacionando a sua actividade com as condições climáticas que o Algarve apresenta. Foram estudadas três explorações agrícolas produtoras de framboesa, que também apresentassem no seu perímetro possíveis hospedeiros alternativos para monitorizar. Para a concretização deste estudo foram colocadas quatro armadilhas/ha na cultura da framboesa e duas armadilhas em cada hospedeiro alternativo. Utilizou-se dois atractivos alimentares diferentes mas com o mesmo tipo de armadilha. A monitorização das armadilhas realizou-se uma vez por semana, tal como a renovação dos atractivos alimentares. Este estudo decorreu entre o mês de Junho de 2015 e o mês de Maio de 2016. Na cultura da Framboesa a maioria das capturas foi obtida após a entrada em maturação dos frutos. Nos hospedeiros estudados, a alfarrobeira, o mato e a figueira foram os que mais capturas apresentaram. No medronheiro comprovou-se que de facto a praga usa o medronho para se reproduzir. Em todos os hospedeiros verificou-se maior captura de fêmeas comparativamente aos machos. O atractivo levedura fresca + açúcar com a armadilha convencional (garrafa de plástico de 1,5L) foi o que apresentou maior eficácia nas capturas de D.suzukii.
Description: Dissertação de mestrado em Agronomia. Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior Agrária, 2016
URI: http://hdl.handle.net/20.500.12207/4543
metadata.dc.identifier.doi: 201636000
Appears in Collections:D-BIO - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Pedro Rosa.pdf21.23 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons