Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/5787
wcag
Title: O combate ao branqueamento de capitais à luz do Regime Geral de Proteção de Dados (RGPD): Informação, circuitos e documentos de suporte
Authors: Guerreiro, Raquel Lourenço
Orientador: Borralho, Carlos Manuel Lopes
Keywords: Regulamento Geral de Proteção de Dados Pessoais
Branqueamento de capitais e financiamento ao terrorismo
Sigilo bancário
Eficiência
Issue Date: 12-Sep-2022
Citation: Guerreiro, R. (2022). O combate ao branqueamento de capitais à luz do Regime Geral de Proteção de Dados (RGPD): Informação, circuitos e documentos de suporte. [Dissertação de mestrado, Instituto Politécnico de Beja]. Repositório Científico do Instituto Politécnico de Beja. https://hdl.handle.net/20.500.12207/5787
Abstract: O Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD), de aplicação obrigatória desde 25 de maio de 2018, criou nas empresas portuguesas a necessidade de realização de uma série de adaptações para cumprimento do regulamento. A matéria da proteção de dados é de relevância transversal a todas as sociedades, e onde o conflito de direitos, liberdades e garantias, está sempre patente, mas cuja aplicação e operacionalização podem condicionar a eficiência das organizações. A prevenção e combate ao branqueamento de capitais e financiamento ao terrorismo é uma matéria igualmente atual e comum aos objetivos dos vários governos, num mundo cada vez mais globalizado e tecnológico, o que leva à necessária cooperação não só entre países, mas também entre as várias instituições públicas e privadas e os governos, com relevância para o sistema financeiro. A operacionalização dos normativos que regem estas matérias não é assim dissociável da recolha e tratamento tempestivo de dados, bem como da existência de fluxos de trabalho que se pretendem, simultaneamente, eficientes e orientados para a efetivação dos direitos e dos deveres dos intervenientes. O presente estudo visa aferir se a entrada em vigor do RGPD alterou a atividade bancária, no que toca ao combate ao branqueamento de capitais e financiamento ao terrorismo e a realização de propostas de melhoria à implementação, facilitação e operacionalização da conjugação destas duas figuras na atividade bancária, na ótica da eficiência. Relativamente ao método seguiu-se uma estratégia de investigação de estudo de caso, de natureza mista, tendo-se assumido um posicionamento ontológico relativista e um posicionamento epistemológico interpretativista. Para recolha de dados, para além da observação e análise de documentos, recorreu-se à realização de entrevistas e questionários. O tratamento dos dados recolhidos foi feito com recurso à técnica de análise categorial de conteúdo e testes estatísticos não paramétricos. O trabalho desenvolvido permitiu a identificação de tarefas que podem ser padronizadas ou mesmo eliminadas, bem como a sinalização de propostas de melhoria que permitem por sua vez o aumento da eficiência, no sentido de como a combinação de práticas bancárias permitem minimizar o consumo de recursos mantendo resultados ou, em alternativa, que permitam os melhores resultados mantendo o consumo de recursos, tendo sempre por base a operacionalização dos normativos que se pretenderam estudar.
URI: https://hdl.handle.net/20.500.12207/5787
Designation: Dissertação de mestrado em Contabilidade e finanças. Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Tecnologia e Gestão, 2022
Appears in Collections:D-CE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Raquel Guerreiro_Dissertação de mestrado_PDFA.pdf2.66 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons