Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/5725
Full metadata record
wcag
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorMarques, Maria de Fátima Santos Rosado-
dc.contributor.authorCarvalho, Rute de Jesus Pombinho-
dc.date.accessioned2023-01-26T19:00:59Z-
dc.date.available2023-01-26T19:00:59Z-
dc.date.issued2022-09-28-
dc.identifier.citationCarvalho, R. (2022). Promoção para uma efetiva adesão à terapêutica na pessoa com doença mental. [Dissertação de mestrado, Instituto Politécnico de Beja, Universidade de Évora, Instituto Politécnico de Portalegre, Instituto Politécnico de Setúbal, Instituto Politécnico de Castelo Branco]. Repositório Científico do Instituto Politécnico de Beja. https://hdl.handle.net/20.500.12207/5725por
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/20.500.12207/5725-
dc.description.abstractO presente relatório descreve o trabalho desenvolvido durante os estágios de mestrado, os quais se realizaram em contexto de internamento. Esta experiência clínica, permitiu-nos efetuar uma análise reflexiva e critica contribuindo para o nosso desenvolvimento pessoal e profissional. Na prática profissional deparamo-nos frequentemente com a má adesão terapêutica. Sabendo que esta realidade pode causar uma das principais causas de incapacidade tendo consequências não só no bem-estar, mas também na qualidade de vida da pessoa portadora de doença mental e da sua família, torna-se preponderante intervir . Assim, após a avaliação diagnóstica realizada a doentes internados numa unidade de psiquiatria, com o propósito de identificar situações de não adesão terapêutica, realizaram-se sessões de sensibilização e psicoeducação, com a finalidade de minorar esta problemática e fortalecer a capacidade de insight dos participantes Considerando a adesão terapêutica uma estratégia de autocuidado, elegeu-se a teoria de Dorothea Orem como suporte concetual para a intervenção psicoeducacional. O enfermeiro especialista assume um papel preponderante no empoderamento da pessoa com experiência em doença mental, nomeadamente na aceitação da mesma, reconhecendo a importância e necessidade de cumprir o plano terapêutico sugerido.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/por
dc.subjectSaúde mentalpor
dc.subjectAdesão terapêuticapor
dc.subjectPsicoeducação e Enfermagempor
dc.titlePromoção para uma efetiva adesão à terapêutica na pessoa com doença mentalpor
dc.typemasterThesispor
dc.pagination108 f.por
dc.identifier.tid203180895por
thesis.degree.nameDissertação de mestrado em Enfermagem – Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica em conjunto com: Universidade de Évora, Escola Superior de Enfermagem São João de Deus. Instituto Politécnico de Portalegre, Escola Superior de Saúde. Instituto Politécnico de Setúbal, Escola Superior de Saúde. Instituto Politécnico de Castelo Branco, Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias, 2022por
Appears in Collections:D-SA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Rute Carvalho_pdfa.pdf6.74 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons