Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/5570
wcag
Title: O doente com doença mental como coprodutor do seu projeto de vida e o enfermeiro especialista em saúde mental e psiquiátrica enquanto instrumento terapêutico
Authors: Santanita, Carla Vitória Serrano
Orientador: Lopes, Manuel José
Keywords: Relação terapêutica
Coprodução de cuidados
Recovery
Funcionalidade e qualidade de vida
Issue Date: 7-Dec-2021
Citation: Santanita, C. (2021). O doente com doença mental como coprodutor do seu projeto de vida e o enfermeiro especialista em saúde mental e psiquiátrica enquanto instrumento terapêutico. [Dissertação de mestrado, Instituto Politécnico de Beja, Universidade de Évora, Instituto Politécnico de Portalegre, Instituto Politécnico de Setúbal, Instituto Politécnico de Castelo Branco]. Repositório Científico do Instituto Politécnico de Beja. https://hdl.handle.net/20.500.12207/5570
Abstract: O presente relatório reflete a implementação do projeto de intervenção intitulado “O doente com doença mental como coprodutor do seu projeto de vida – o enfermeiro especialista em saúde mental e psiquiátrica enquanto instrumento terapêutico”, tendo como foco de intervenção o doente com doença mental grave que apresenta alterações da sua funcionalidade, especialmente a nível do autocuidado e das quais decorrem alterações da sua qualidade de vida. Neste sentido, ao ter como opção metodológica o processo de cuidados de enfermagem, pretende-se enquanto principal objetivo, através da promoção da relação terapêutica e da construção de uma aliança terapêutica ao longo do processo de cuidados “Promover o recovery no doente com doença mental grave, capacitando- o a ser coprodutor no seu projeto terapêutico”. Ao construir este instrumento em conjunto, foi percorrido com o doente as diferentes fases do processo de cuidados, atendendo à expetativa do doente, alcançando metas progressivas com foco nas suas potencialidades e não nas suas limitações, promovendo a autonomia e a qualidade de vida do doente com doença mental grave, capacitando- o para o seu projeto de vida. A realização deste projeto de intervenção apresentou-se como um duplo desafio. Por um lado, o desafio em torno do doente e da sua coprodução do seu projeto terapêutico através de ganhos de funcionalidade e qualidade de vida e, por outro lado, o desafio em torno desenvolvimento de com-petências enquanto instrumento de cuidados, no processo de cuidados ao doente com doença mental.
URI: https://hdl.handle.net/20.500.12207/5570
Designation: Dissertação de mestrado em Enfermagem – Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica em conjunto com: Universidade de Évora, Escola Superior de Enfermagem São João de Deus, Instituto Politécnico de Portalegre, Escola Superior de Saúde. Instituto Politécnico de Setúbal, Escola Superior de Saúde. Instituto Politécnico de Castelo Branco, Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias, 2021
Appears in Collections:D-SA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Carla+Santanita_PDFA.pdf4.1 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons