Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/5340
wcag
Title: Avaliação e controlo de riscos profissionais no Centro Hortofrutícola do Instituto Politécnico de Beja
Authors: Machado, Jorge Miguel Mestre
Orientador: Chaves, Humberto Manuel Índio Tomas
Keywords: Centro hortofrutícola
Riscos
MARAT
OWAS
REBA
Produtos fitofarmacêuticos
Issue Date: 13-Nov-2020
Citation: Machado, J. (2020). Avaliação e controlo de riscos profissionais no Centro Hortofrutícola do Instituto Politécnico de Beja. (Dissertação de mestrado não publicada). Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Tecnologia e Gestão.
Abstract: O presente projecto surge no âmbito do Mestrado em Segurança e Higiene no trabalho, sendo este realizado no Centro Hortofrutícola do Instituto Politécnico de Beja, tendo como objectivo a Avaliação e Controlo de Riscos Profissionais nesse mesmo local. A actividade agrícola é uma actividade que engloba diversas vertentes, como a utilização de tractores, de máquinas, ferramentas e equipamentos agrícolas, bem como a utilização de produtos químicos, o que faz com que esta actividade acarreta um elevado número de riscos, sendo fundamental uma boa gestão preventiva dos riscos associados ao sector agrícola. O presente projecto visa portanto identificar, avaliar e gerir os riscos presentes no Centro Hortofrutícola, de forma a definir uma estratégia e implementar medidas de controlo sobre os mesmos. Para alcançar os objectivos definidos irão ser aplicadas Listas de Verificação, bem como o Método de Avaliação de Riscos e Acidentes de Trabalho (MARAT) no que diz respeito ao armazém de produtos fitofarmacêuticos e as actividades que o englobam (manuseio de produtos fitofarmacêuticos e a sua aplicação), bem como nos trabalhos agrícolas realizados no local em estudo (apanha de frutos e trabalhos com roçadeira), para uma melhor percepção dos riscos existentes no local e nas funções desempenhadas pelos trabalhadores, e uma posterior análise e correcção dos riscos verificados nos mesmos. O método MARAT irá permitir determinar o nível dos riscos existentes e ordená-los de forma lógica para que se possam estabelecer prioridades de intervenção, já as Listas de Verificação irão servir como instrumento auxiliar de forma a poder-se identificar os perigos e os riscos e avaliar determinados parâmetros de segurança no local. Serão ainda aplicados os Métodos OWAS e REBA para serem analisadas as posturas realizadas pelos trabalhadores nos exercícios das suas funções e se necessário as devidas correcções dessas mesmas posturas. Por fim será elaborado um Manual de boas práticas, que será dividido em dois capítulos, sendo o primeiro capítulo direccionado ao armazém de produtos fitofarmacêuticos, englobando as regras de manuseio, os equipamentos de protecção individual e regras de aplicação destes mesmo produtos, e um segundo capitulo direccionado às regras de boas práticas ergonómicas.
URI: http://hdl.handle.net/20.500.12207/5340
Designation: Dissertação de mestrado em Segurança e higiene no trabalho. Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Tecnologia e Gestão, 2020
Appears in Collections:D-ENG - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Jorge+Machado_Dissertação.pdf9.32 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons