Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/5326
Full metadata record
wcag
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBailoa, Sandra Isabel Rodrigues-
dc.contributor.advisorTeixeira, Fernando José Calado e Silva Nunes-
dc.contributor.authorMatos, Raquel Sofia Sobral de-
dc.date.accessioned2021-01-18T14:55:51Z-
dc.date.available2021-01-18T14:55:51Z-
dc.date.issued2019-12-17-
dc.identifier.citationMatos, R. (2019). O impacto do capital intelectual no desempenho financeiro das empresas do setor hoteleiro. (Dissertação de mestrado não publicada). Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Tecnologia e Gestão.por
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/20.500.12207/5326-
dc.description.abstractNa atual Era da Conhecimento, o Capital Intelectual (CI) revela-se como um recurso imprescindível na criação de valor para as empresas, influenciado o seu desempenho financeiro. As empresas começam a reconhecer a importância do CI, mas tratando-se de um ativo intangível de difícil mensuração, e não existindo um modelo universalmente aceite, o seu valor não é registado contabilisticamente. O setor hoteleiro português, tem vindo a registar um crescimento anual significativo. Este setor caracteriza-se por ser, fundamentalmente prestador de serviços, bastante dependente dos fatores inerentes ao Capital Intelectual. Devido ao reduzido número de estudos que relacionem o CI com o setor hoteleiro, o objetivo deste trabalho é analisar o impacto do Capital Intelectual, no desempenho financeiro das empresas do setor hoteleiro português. A amostra é constituída por 40 empresas do ramo hoteleiro, no período entre 2011 e 2017. Para mensuração do CI, utilizou-se o método VAICTM (Value Added Intelectual Coefficient). É um método quantitativo que utiliza dados financeiros facilmente obtidos através das Demonstrações Financeiras e Balanços, e orientado para a contabilidade. Como representantes do desempenho financeiro, foram utilizados os indicadores: Rentabilidade dos Capitais Próprios (Return of Equity - ROE), Rentabilidade do Ativo (ROA) e Rentabilidade do Investimento (ROI). As relações entre variáveis foram analisadas através da análise descritiva dos dados, tratados em Excel, e com recurso a Modelos de Regressão Linear construídos no software estatístico SPSS (Statistical Package for the Social Sciences). Os resultados variam consoante as variáveis utilizadas, mas de forma geral, comprovam que o Capital Intelectual tem relação positiva no desempenho financeiro das empresas. O Capital Humano (CH), mostrou ser a variável com maior impacto nas variáveis de rentabilidade, comprovando assim a forte influência do potencial humano na atividade hoteleira.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/por
dc.subjectCapital intelectualpor
dc.subjectVAIC TMpor
dc.subjectDesempenho financeiropor
dc.subjectSetor hoteleiropor
dc.subjectAtivos intangíveispor
dc.titleO impacto do capital intelectual no desempenho financeiro das empresas do setor hoteleiropor
dc.typemasterThesispor
dc.pagination92 f.por
dc.identifier.tid202449947por
thesis.degree.nameDissertação de mestrado em Contabilidade e Finanças. Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Tecnologia e Gestão, 2019por
Appears in Collections:D-CE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Raquel Matos_mestrado.pdf1.27 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons