Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/5299
Full metadata record
wcag
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSantos, Maria Teresa Pereira dos-
dc.contributor.authorKiocamba, Brés Neves André-
dc.date.accessioned2020-11-06T11:00:20Z-
dc.date.available2020-11-06T11:00:20Z-
dc.date.issued2019-12-05-
dc.identifier.citationKiocamba, B. (2019). As percepções dos professores sobre inclusão de alunos com necessidades educativas especiais, numa escola do ensino primário e do 1º ciclo de ensino secundário da província do Uíge/Angola. (Dissertação de mestrado não publicada). Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Educação.por
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/20.500.12207/5299-
dc.description.abstractCompreendendo a inclusão como um fenómeno social complexo, que depende principalmente do planeamento e capacidade dos agentes envolvidos no processo, o presente trabalho de pesquisa qualitativa e quantitativa teve como objetivo contribuir para clarificar e enriquecer o conhecimento sobre as Percepções dos Professores face à Inclusão de Alunos com Necessidades Educativas Especiais, na Escola do Ensino Primário e na Escola do Ensino Secundário da Província do Uíge/Angola. Procurou-se analisar diversos aspetos relacionados com o atendimento prestado nas referidas escolas e dar a conhecer a forma como se está a processar a inclusão dos alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE), decorrentes de dificuldades de aprendizagem e/ou deficiência. Utilizou-se a entrevista semiestruturada e o inquérito por questionário, com questões fechadas e abertas, para recolha da informação. Os dados de natureza quantitativa foram tratados através do programa SPSS e as respostas à entrevista e às questões abertas do questionário foram sujeitas aos procedimentos da análise de conteúdo, organizando-se os discursos em temas, categorias, subcategorias e indicadores. Os resultados obtidos mostraram que no ensino geral, os professores estão de acordo com a escola inclusiva ainda que apontem alguns entraves quanto aos alunos receberem exclusivamente apoio na sala de aula e permanecerem todos juntos. Os professores têm percepções semelhantes do que se considera ser uma escola inclusiva e, na generalidade, manifestam percepções positivas sobre a inclusão de alunos com NEE nas escolas do ensino geral, embora apresentem muitas reservas quanto à implementação da inclusão. Essas reservas são mais influenciadas pela falta de recursos humanos e materiais, mas também por fatores relacionados com os próprios professores, nomeadamente, as atitudes e as práticas, a dificuldade em lidar com a diversidade, mencionando ainda a necessidade de formação específica na área das NEE. Os professores consideram que as escolas ainda não estão preparadas para a concretização da filosofia inclusiva.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/por
dc.subjectNecessidades educativas especiaispor
dc.subjectInclusãopor
dc.subjectEscola inclusivapor
dc.subjectPercepções dos professorespor
dc.titleAs percepções dos professores sobre inclusão de alunos com necessidades educativas especiais, numa escola do ensino primário e do 1º ciclo de ensino secundário da província do Uíge/Angolapor
dc.typemasterThesispor
dc.pagination148 f.por
dc.identifier.tid202448185por
thesis.degree.nameDissertação de mestrado em Educação especial - especialização no domínio cognitivo e motor. Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Educação, 2019por
Appears in Collections:D-ECSC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Brés+Neves_Dissertação.pdf6.22 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons