Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/5285
wcag
Title: Sobrecarga nos cuidadores informais de idosos dependentes: Um estudo no concelho de Serpa para a criação de um Gabinete de Apoio ao Cuidador
Authors: Sousa, Cláudia Sofia Dimas de
Orientador: Fernandes, Ana Isabel Lapa
Keywords: Envelhecimento
Sobrecarga
Cuidadores informais
Empreendedorismo social
Gabinete de Apoio ao Cuidador
Issue Date: 2019
Citation: Sousa, C. (2019). Sobrecarga nos cuidadores informais de idosos dependentes: Um estudo no concelho de Serpa para a criação de um Gabinete de Apoio ao Cuidador. (Dissertação de mestrado não publicada). Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Educação.
Abstract: A população portuguesa está a envelhecer. Afigura-se esta realidade claramente ao observar os indicadores sociais, culturais e económicos. Desta forma torna-se essencial agir, é preciso prevenir situações de isolamento, de abandono e até mesmo de violência, é essencial ter uma visão integradora dos problemas que o envelhecimento trás consigo. Vive-se mais tempo com saúde e os avanços científicos tendem a reduzir o grau médio de dependência e de incapacidade, o que supõe um futuro mais positivo, tal como afirma Rodrigues (2014). Neste sentido é de extrema importância a existência de cuidadores informais devidamente qualificados, por forma a saberem intervir e para poderem criar estratégias/ferramentas que lhes permita evitar a sua sobrecarga que pode ocorrer aquando há existência de exaustão física e mental. Exaustão esta que atinge uma parte significativa de cuidadores informais em Portugal. O presente estudo pretende refletir sobre o envelhecimento, a importância dos cuidadores informais, na nossa sociedade e a criação de suportes de apoio, criados por parte de empreendedores sociais, como pode ser o caso dos Gabinetes de Apoio ao Cuidador Informal. Para este estudo foi tida em consideração uma amostra por conveniência correspondente a dez cuidadores informais, residentes no concelho de Serpa. Dos participantes, com idades compreendidas entre os 26 e os 85 anos, verificou-se que a maioria dos cuidadores informais são do sexo feminino e que apresentam baixo grau de escolaridade e que a grande maioria está em situação de desemprego. Como instrumentos de avaliação, aplicaram-se o inquérito e as escalas de Katz e Zarit. Pretendeu-se caracterizar os cuidadores informais no concelho de Serpa tentando compreender de que forma a existência de um Gabinete de Apoio ao Cuidador poderia contribuir de alguma forma para a melhoria das suas vidas enquanto cuidadores.
URI: http://hdl.handle.net/20.500.12207/5285
Designation: Dissertação de mestrado em Desenvolvimento comunitário e empreendedorismo. Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Educação, 2019
Appears in Collections:D-ECSC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Cláudia Sousa_Dissertação.pdf1.34 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons