Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/4935
wcag
Title: Programa de enfermagem de reabilitação a pessoas com andar comprometido
Authors: Alcobia, Alexandra Filipa Maia
Orientador: Ferreira, Rogério Manuel Ferrinho
Keywords: Enfermagem de reabilitação
Andar comprometido
Autocuidado
Ganhos em saúde
Issue Date: Jul-2019
Citation: Alcobia, A. (2019). Programa de enfermagem de reabilitação a pessoas com andar comprometido. (Dissertação de mestrado não publicada). Instituto Politécnico de Setúbal, Escola Superior de Saúde. Universidade de Évora, Escola Superior de Enfermagem de São João de Deus. Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Saúde. Instituto Politécnico de Portalegre, Escola Superior de Saúde. Instituto Politécnico de Castelo Branco, Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias.
Abstract: Enquadramento: O estágio final decorreu em serviços onde são prestados cuidados diferenciados onde em algum momento as pessoas veem-se obrigadas a um repouso terapêutico, levando à restrição de movimento, podendo mesmo verificar-se os efeitos negativos da imobilidade. A média de idades das pessoas internadas nestes serviços são elevadas o que leva a que estas apresentem as alterações biológicas naturais do processo de envelhecimento. A imobilidade e a idade elevada são conjunturas que alteram a capacidade da pessoa para o andar. O diagnostico de enfermagem “andar comprometido” é frequente nestes internamentos. Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Reabilitação perante um diagnostico de enfermagem alterado atua precocemente de forma a diminuir as complicações, diminuir o tempo de internamento e eleva os ganhos em saúde. Método: Implementou-se uma estratégia de intervenção profissional, onde são avaliados os ganhos na capacidade para andar, decorrentes da aplicação de um programa de cuidados de enfermagem de reabilitação, em pessoas com andar comprometido e com potencial para melhorar essas capacidades, contribuindo para maximizar o seu bem-estar e promover a autonomia. Resultados: Foi demostrado através da análise estatística realizada que a intervenção de enfermagem de reabilitação na pratica clinica, levou a uma melhoria da força muscular, equilíbrio, diminuição do risco de queda e da melhoria nos scores do autocuidado transferir e Andar. O que de uma forma geral contribuiu para melhoria do autocuidado, demostrado pela melhoria no score do índice de barthel, desta forma proporcionou-se ganhos em saúde. Conclusão: A estratégia de intervenção profissional foi um contributo importante para o progresso da disciplina de enfermagem de reabilitação.
URI: http://hdl.handle.net/20.500.12207/4935
Designation: Dissertação de mestrado em Enfermagem – Área de especialização em Enfermagem de Reabilitação em conjunto com: Instituto Politécnico de Setúbal, Escola Superior de Saúde. Universidade de Évora, Escola Superior de Enfermagem de São João de Deus. Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Saúde. Instituto Politécnico de Portalegre, Escola Superior de Saúde. Instituto Politécnico de Castelo Branco, Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias, 2019
Appears in Collections:D-SA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Alexandra Alcobia_PDFA.pdf4.52 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons