Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/4712
wcag
Title: Efeito de um programa de exercício físico nas medidas antropométricas, aptidão aeróbica e muscular. Um estudo em contexto escolar com alunos entre os 10 e os 13 anos
Authors: Morais, Arlindo José Clemente
Orientador: Leal, João
Keywords: Atividade física
IMC
Perímetro da cintura
Vo2máx
Programa escolar de exercício físico
Issue Date: 10-May-2017
Citation: Morais, A. (2017). Efeito de um programa de exercício físico nas medidas antropométricas, aptidão aeróbica e muscular. Um estudo em contexto escolar com alunos entre os 10 e os 13 anos. (Dissertação de mestrado não publicada). Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Educação.
Abstract: O presente estudo teve como objetivos conhecer a prevalência de sobrepeso e obesidade em turmas do 2.º ciclo do Agrupamento de Escolas de Vidigueira e, através de uma revisão sistemática de literatura, analisar os efeitos de programas de exercício físico na escola com variáveis como as medidas antropométricas, composição corporal e a aptidão aeróbia (Vo2máx.) e muscular em crianças com idade escolar. Pretende ainda apresentar o efeito de um programa de intervenção de exercício físico em contexto escolar com crianças entre os 10 e os 13 anos. Assim, foram realizados três estudos: o primeiro incidiu sobre a prevalência do excesso de peso; no segundo estudo foi realizada uma pesquisa electrónica, estruturada na base de dados, nomeadamente Pubmed através da metodologia (Population, Intervention, Control, Outcomes, Studies) PICOS, recomendada pelas guidelines PRISMA (Liberati et al., 2009); o terceiro estudo consistiu numa intervenção ao nível de um programa de exercício físico. Para o grupo experimental (GE) (N=21), aplicou-se um programa de exercício físico durante 3 meses, com 2 aulas de 60 minutos por semana. O grupo de controlo (GC) não foi alvo de intervenção. O programa de exercício físico foi avaliado pelos testes do FITescola e pelos seus valores de referência. Os resultados da prevalência de sobrepeso e obesidade foram de 35,71%. As variáveis do Índice de Massa Corporal (IMC) e Perímetro da Cintura (PC) apresentaram diferenças estatisticamente significativas entre o género feminino e masculino, com as raparigas a apresentar resultados superiores aos rapazes na aptidão cardiorrespiratória (Vo2máx.). O GE evolui positivamente no final do programa nas variáveis da aptidão aeróbia (Vo2max.) e na aptidão muscular (impulso vertical, impulso horizontal e abdominais). O GE diminui a %MG e aumentou o IMC e o PC no final do programa de intervenção. Verificou-se a existência de uma correlação entre as variáveis da composição corporal (CC) e as variáveis da aptidão aeróbia (Vo2máx.) e a aptidão muscular. Face aos resultados positivos na variável da %MG e a uma evolução positiva nas variáveis da aptidão aeróbia e muscular no final do programa de intervenção por parte do grupo experimental constatou-se, a importância da aplicação de programas de exercício físico e de intervenções multidisciplinares em contexto escolar.
URI: http://hdl.handle.net/20.500.12207/4712
Designation: Dissertação de mestrado em Atividade física e saúde escolar. Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Educação, 2017
Appears in Collections:D-ECSC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Arlindo Morais.pdf894.35 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons