Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/4675
wcag
Title: Trajetórias de segurança (área das lavarias da Somincor 1995-2015): Análise de acidentes e contributos dos estudos organizacionais positivos na sua prevenção
Authors: Pereira, Carlos Alberto Camacho Guerreiro
Orientador: Dias, Ana Filomena de Figueiredo
Keywords: Segurança e higiene no trabalho
Cultura de Segurança
Análise de acidentes
Liderança
Prevenção de acidentes de trabalho
Somincor
Issue Date: 14-Dec-2016
Citation: Pereira, C. (2016). Trajetórias de segurança (área das lavarias da Somincor 1995-2015): Análise de acidentes e contributos dos estudos organizacionais positivos na sua prevenção. (Dissertação de mestrado não publicada). Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Tecnologia e Gestão.
Abstract: Partindo do princípio que a cultura de segurança é um constructo e o produto de um investimento organizacional crescente e sustentado na participação ativa de todos os colaboradores que compõem a organização, o presente estudo visa numa primeira fase incidir o olhar, refletindo e analisando a relação de acidentes na área das Lavarias, da maior exploração mineira em Portugal - a Somincor - com a evolução organizacional da própria empresa, focando os impactos organizacionais em matéria de segurança e higiene no trabalho. Nesta indústria de risco elevado, a implementação de modelos e procedimentos de prevenção de acidentes de trabalho é uma prioridade que implica uma afetação de recursos humanos, materiais e financeiros muito significativos, existindo um conjunto de procedimentos altamente estruturados, que funciona mas que parece não ser suficiente para chegar à fase interdependente de uma cultura de segurança. Apesar da acentuada diminuição de acidentes de trabalho ao longo dos anos, persistem algumas barreiras por parte dos colaboradores nos vários níveis hierárquicos, composta por múltiplas resistências à utilização dos equipamentos e ao cumprimento das regras e procedimentos de segurança. Defende-se, numa segunda fase, que o comportamento organizacional positivo e consequente mobilização do capital humano das organizações é o passo seguinte para o objetivo "Zero Harm" pretendendo-se ao longo deste estudo, lançar ideias e contribuições para que a construção de uma organização positiva se possa de facto materializar em aspetos concretos em matéria de prevenção de acidentes de trabalho, a partir do centro da organização - o potencial humano dos colaboradores ativamente envolvidos nessa construção. Foi necessário para desenvolver este estudo, uma extensa pesquisa documental dos arquivos da empresa, de forma a caraterizar o período em referência, tanto em termos dos acidentes ocorridos como da evolução organizacional, assim como a observação participante do investigador, o recurso a informadores qualificados e a perceção da forma como os colaboradores encaram o sistema de prevenção de acidentes de trabalho (AT) atualmente implementado. Foi em torno desta problemática, que emerge da prática profissional do investigador enquanto Encarregado de Segurança e Higiene no Trabalho da empresa Somincor, que surge esta vontade de refletir o passado, olhar o presente e projetar o futuro.
URI: http://hdl.handle.net/20.500.12207/4675
Designation: Dissertação de mestrado em Segurança e higiene no trabalho. Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Tecnologia e Gestão, 2016
Appears in Collections:D-ENG - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Carlos Pereira.pdf69.19 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons