Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/4672
wcag
Title: As práticas educativas dos professores do 1º ciclo do Ensino Básico face aos alunos com dificuldades intelectuais e desenvolvimentais
Authors: Correia, Rita Isabel Palma Veríssimo Machado
Orientador: Ramalho, José Pereirinha
Keywords: Dificuldades intelectuais e desenvolvimentais (DID)
Professores do 1º ciclo
Práticas educativas
Formação inicial
Issue Date: 12-Jul-2017
Citation: Correia, R. (2017). As práticas educativas dos professores do 1º ciclo do Ensino Básico face aos alunos com dificuldades intelectuais e desenvolvimentais. (Dissertação de mestrado não publicada). Instituto Politécnico de Beja. Escola Superior de Educação.
Abstract: A inclusão de crianças com NEE tem sido uma problemática abordada ao longo dos tempos, umas vezes com maior, outras com menor sucesso. Atualmente continua a ser uma questão discutida, no sentido de conseguir proporcionar um ensino de qualidade para todos os alunos, mesmo os que apresentam características distintas, alcançando assim uma Escola Inclusiva, uma Escola para Todos. O presente estudo centra-se na problemática das crianças com Dificuldades Intelectuais e Desenvolvimentais e tem como objetivo principal identificar e analisar os conhecimentos, perceções e práticas educativas dos professores do 1º Ciclo do Ensino Básico, no que respeita a estes alunos. Neste trabalho, procedemos a uma revisão da literatura para clarificar determinados conceitos, tais como a atual nomenclatura DID e perceber qual o papel dos professores do 1º Ciclo do Ensino Básico. A presente investigação baseou-se numa amostra de quarenta e dois docentes dos dois Agrupamentos de Escolas de Beja, que lecionam este ciclo de ensino, e procurou responder à seguinte questão: Quais são as práticas educativas dos professores do 1º Ciclo do Ensino Básico, face aos alunos com DID? Tratou-se de uma investigação-ação, onde, a partir da análise das respostas dadas pelos docentes ao questionário elaborado para o estudo, procurámos identificar as dificuldades sentidas, no intuito de perspetivar respostas a implementar nos espaços educativos. Concluiu-se que grande parte da comunidade docente que respondeu a este inquérito desconhece a legislação vigente, o que dificulta todo o processo de referenciação, que passa, inevitavelmente, pela participação ativa dos professores dos referidos alunos. Conclui-se igualmente que existe a necessidade da elaboração de programas de formação continuada para discutir, de forma mais aprofundada, os temas aqui abordados e para colmatar lacunas deixadas pela formação inicial. Mesmo assim, há comportamentos inclusivos que importa evidenciar.
URI: http://hdl.handle.net/20.500.12207/4672
Designation: Dissertação de mestrado em Educação especial - especialização no domínio cognitivo e motor. Instituto Politécnico de Beja. Escola Superior de Educação, 2017
Appears in Collections:D-ECSC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Rita Correia.pdf5.25 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons