Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/4662
wcag
Title: Promoção da saúde mental em gerontes através da educação social: estamos juntos no caminho para a inclusão
Authors: Mestre, Tatiana Filipa Silva
Orientador: Faria, Maria Cristina Campos de Sousa
Malainho, Adelaide Fernandes Pires
Keywords: Gerontologia
Envelhecimento
Saúde mental
Educação social
Inclusão social
Issue Date: 18-Mar-2016
Citation: Mestre, T. (2016). Promoção da saúde mental em gerontes através da educação social - estamos juntos no caminho para a inclusão. (Dissertação de mestrado não publicada). Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Educação.
Abstract: O presente trabalho consiste num estudo caso e procura compreender “De que forma a Educação Social promove a Inclusão Social e Saúde Mental, das gerontes da ULDM (Unidade de Longa Duração e Manutenção). Insere-se no âmbito de uma investigação ação. A recolha de dados foi realizada através de técnicas de investigação, tais como: pesquisa documental, observação direta, conversas informais, entrevistas semidiretivas ou semiestruturadas, instrumentos de avaliação psicológica e de avaliação do nível de independência do sujeito para a realização de dez Atividades Básicas de Vida Diária (ABVD). Para realizar o estudo contou-se com a participação de quatro idosas, ambas do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 65 e os 94 anos. Os instrumentos de avaliação utilizados foram: a entrevista semiestruturada sobre saúde mental e bem-estar em gerontes (Faria, et al, 2012, citado em Saturnino, Cruz & Faria, 2013), o Inventário de Saúde Mental adaptado do Mental Health Inventory (MHI; adaptado por Ribeiro, 2001) e a Escala modificada de Barthel (Apóstolo, 2012). Com a entrevista semiestruturada sobre saúde mental e bem-estar em gerontes (Faria, et al, 2012) recolheram-se os dados sociodemográficos; relativos ao historial de saúde; às dificuldades funcionais do sujeito; ao apoio social percecionado; à atividade; ao estado de saúde mental e à perceção de envelhecimento. Assim verificou-se que o envelhecimento das idosas não está a decorrer de forma ativa e bem-sucedida. Na aplicação do Inventário de Saúde Mental, duas utentes não apresentam sintomatologia, uma apresenta sintomas moderados com valores indicadores de depressão e a outra utente apresentou resultados totais de sintomas graves, apresentando valores indicativos de carência de afeto positivo, laços emocionais o que resulta na baixa pontuação a nível do bem-estar positivo. Porém, também este fator contribui para que o distress, a perda de controlo emocional/ comportamental apresentem um valor baixo. Na Escala modificada de Barthel a primeira pessoa apresenta uma dependência total. A segunda utente uma dependência severa. Por sua vez a terceira utente mostrou uma pontuação total de 51 pontos apontando para uma dependência entre os 51 e 75 pontos. A quarta utente revela uma pontuação total de 58 pontos apontando também para uma dependência entre os 51 e 75 pontos. Através dos dados recolhidos foi possível compreender o quanto importante é promover a Inclusão Social e a Saúde Mental, num momento em que as perdas a nível físico e psicológico influenciam tanto o bem-estar e a qualidade de vida. Para que fosse possível a obtenção de um maior conhecimento sobre a ULDM e sobre o trabalho que lá é desenvolvido, foram feitas cinco entrevistas semidiretivas ou semiestruradas à Direção Técnica/Assistente Social, ao Administrador, ao Enfermeiro, à Psicóloga e ao segundo Administrador/Diretor Clínico/Médico Fisiatra, para que fosse possível recolher mais informação sobre o objeto de estudo. Tendo como base os resultados do trabalho de investigação realizado e no sentido de ultrapassar as necessidades construi-se um projeto denominado de “Estamos Juntos no Caminho para a Inclusão” que tem como objetivo a Promoção da Inclusão Social e a Saúde Mental dos gerontes da ULDM através da Educação Social.
URI: http://hdl.handle.net/20.500.12207/4662
Designation: Dissertação de mestrado em Psicogerontologia comunitária. Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Educação, 2016
Appears in Collections:D-ECSC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Tatiana Mestre.pdf10.84 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons