Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/4578
wcag
Title: Vivências da doença oncológica em pessoas mais velhas
Authors: Covas, Sofia Isabel Rocha
Orientador: Faria, Maria Cristina Campos de Sousa
Keywords: Envelhecimento
Qualidade de vida
Doença oncológica
Família
Saúde
Vivências
Issue Date: 13-Jun-2017
Citation: Covas, S. (2017). Vivências da doença oncológica em pessoas mais velhas. (Dissertação de mestrado não publicada). Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Educação.
Abstract: Atualmente, a sociedade é composta essencialmente por idosos, ou pessoas mais velhas, ou seja, este grupo etário tem vindo a crescer brutalmente visto que a natalidade é baixa e a esperança média de vida é cada vez mais longa. Como tal, torna-se importante dar-se especial atenção a este grupo etário, não só tendo em conta a sua dimensão e riqueza para a sociedade, bem como porque por norma necessitam de cuidados específicos tendo em conta as fragilidades que o processo de envelhecimento acarreta. Além do processo normal de envelhecimento, e das doenças mais comuns a ele associadas, é atribuído também às faixas etárias mais velhas um grande risco no que concerne ao aparecimento de doenças oncológicas. A presente investigação desenvolve-se em torno da doença oncológica e das pessoas mais velhas, nomeadamente, na relação entre ambos, ou seja, o que se pretende estudar é como é que a doença oncológica é vivenciada por este grupo etário e quais os impactos provenientes desta temível doença nos mesmos. No que se refere aos participantes, estes foram compostos por três grupos distintos, doentes oncológicos, familiares dos mesmos e profissionais de saúde da área da oncologia, contando com um total de 10 participantes no estudo, aos quais foi aplicada uma entrevista adaptada aos diferentes públicos. Tendo em conta que através desta investigação se verificou alguma carência/lacuna no que se refere ao apoio psicossocial ao doente oncológico e à família, por parte dos serviços de saúde, o projeto surge neste âmbito, através da criação de um núcleo que dê apoio a estes dois grupos. Este núcleo denominar-se-á NADO&família, significando esta sigla “dar vida” e traduzindo Núcleo de Apoio ao Doente Oncológico.
URI: http://hdl.handle.net/20.500.12207/4578
Designation: Dissertação de mestrado em Psicogerontologia comunitária. Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Educação, 2017
Appears in Collections:D-ECSC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Sofia Covas.pdf9.77 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons