Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/20.500.12207/4577
Full metadata record
wcag
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorEspírito Santo, Adelaide Pereira Jacinto do-
dc.contributor.authorCaldeira, Maria de Lourdes Pinto Pão Duro-
dc.date.accessioned2018-06-15T13:11:07Z-
dc.date.available2018-06-15T13:11:07Z-
dc.date.issued2015-12-10-
dc.identifier.citationCaldeira, M. (2015). Fatores facilitadores de intervenção educativa em IPI com famílias e crianças. (Dissertação de mestrado não publicada). Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Educação.por
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/20.500.12207/4577-
dc.description.abstractO Sistema Nacional de Intervenção Precoce, baseado nos normativos, norteia que os profissionais deverão implementar práticas de envolvimento e cooperação visando a capacitação, autonomia e empoderamento familiar. Quanto mais cedo se iniciar a intervenção, maior é o potencial de desenvolvimento de cada criança, visando futuramente a sua integração na sociedade. O profissional de educação é um dos elementos das equipas locais de intervenção e como tal deve de estar capacitado para cooperar com a família e ser muitas vezes o mediador entre esta e os serviços da comunidade que melhor respondam às necessidades encontradas. Tendo em consideração que a formação docente incide essencialmente sobre o desenvolvimento da criança e metodologias educativas pôs-se a questão “Quais os fatores facilitadores da intervenção educativa em IP, com famílias e crianças?” A investigação realizada enquadra-se tendencialmente no modelo Estudo de Caso, com a utilização da entrevista como técnica privilegiada de recolha de dados, junto de duas Equipas de Locais de Intervenção bem como junto de membros de educação e Segurança Social pertencentes ao Núcleo de Supervisão Técnica. A análise de conteúdo dos dados recolhidos permitiu elencar os facilitadores de intervenção dos profissionais junto da família, sendo que o modelo de intervenção ideal destacado é o modelo Transdisciplinar. De igual modo, também foi possível proceder ao levantamento das necessidades dos profissionais a vários níveis que serviram de base a uma propostas de formação junto dos profissionais de IP, apontando-se para uma maior incidência na formação inicial dos cursos e formação contínua na modalidade de cursos de formações e/ou workshops.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/por
dc.subjectIntervenção precocepor
dc.subjectTécnico de educaçãopor
dc.subjectCriançapor
dc.subjectFormaçãopor
dc.subjectTransdisciplinaridadepor
dc.titleFatores facilitadores de intervenção educativa em IPI com famílias e criançaspor
dc.typemasterThesispor
dc.identifier.tid201023598por
thesis.degree.nameDissertação de mestrado em Educação especial - especialização no domínio cognitivo e motor. Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Educação, 2015por
Appears in Collections:D-ECSC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Maria de Lourdes Caldeira.pdf2.24 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons