Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/123456789/711
wcag
Title: Saúde mental e vulnerabilidade ao stress nos gerontes viúvo(a)s em contexto rural
Authors: Mateus, Teresa Alexandra Silva Trindade
Keywords: Saúde mental
Stress
Solidão
Luto
Viuvez
Issue Date: 2013
Publisher: Instituto Politécnico de Beja. Escola Superior de Educação
Citation: Mateus, T. (2013). Saúde mental e vulnerabilidade ao stress nos gerontes viúvo(a)s em contexto rural. (Dissertação de mestrado não publicada). Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Educação.
Abstract: Um dos acontecimentos de vida que surge durante o envelhecimento é a viuvez, como tal é preciso reorganizar a vida e realizar o processo de luto. O luto é a fase em que se expressam os sentimentos resultantes da perda e é também o momento em que é possível recomeçar e até fazer novos investimentos pessoais. Há que preservar a saúde mental dos viúvos, prevenindo a depressão e o stress assim como dar primazia à promoção do bem estar psicológico. O presente estudo parte teve como finalidade conhecer a saúde geral, a saúde mental e a vulnerabilidade ao stress dos entrevistados de modo a compreender como se adaptaram à condição de viúvo (a)s, assim como o suporte social e os fatores protetores que facilitaram todo o processo de viuvez e luto. Participam neste estudo indivíduos de ambos os géneros, viúvos de idade igual ou superior a 65 anos residentes no baixo Alentejo (concelhos de Grândola e Santiago do Cacém). Os instrumentos aplicados aos indivíduos foram: Questionário de Saúde Geral (Goldberg,1978) - Versão Portuguesa, (Faria,1999), o Teste de Avaliação Neuropsicológica – Entrevista Semi-Estruturada sobre Saúde Mental e Bem-estar em Gerontes (Faria, et al, 2012) e o Questionário de Vulnerabilidade ao Stress – 23 QVS (Vaz Serra, 2000).Os indivíduos apresentam uma boa perceção geral de saúde () No “Questionário de Saúde Geral” o grupo obteve um valor médio de (M= 46,25) uma elevada perceção geral de saúde geral e no “Questionário de Vulnerabilidade ao Stress” (23 QVS) apresenta o valor médio de (M= 41) o que demonstra que o grupo não apresenta vulnerabilidade ao stress. Os entrevistados parecem lidar de uma forma serena com a sua viuvez contudo o isolamento social parece ser evidente, como tal o projeto “Partilhar saberes e conviver” parece-nos uma mais valia na diminuição desse mesmo sentimento, através da partilha de saberes e da promoção de contatos inter geracionais.
Description: Dissertação de mestrado em Psicogerontologia comunitária. Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Educação, 2013.
URI: https://repositorio.ipbeja.pt/handle/123456789/711
Appears in Collections:D-ECSC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Teresa Alexandra Silva Trindade Mateus - 2013.pdf1.67 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.