Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item:

acessibilidade

http://hdl.handle.net/123456789/3969
wcag
Title: Baleizão:aldeia amiga das pessoas idosas
Authors: Rosa, Luis Manuel Pereira
Keywords: cidades amigas
cidades saudáveis
idoso
envelhecimento ativo
saúde comunitária
cuidados de saúde primários
Issue Date: 2012
Citation: Rosa, L.M.P.(2012). Baleizão:aldeia amiga das pessoas idosas.(Dissertação de mestrado não publicada). Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Saúde.
Abstract: O projeto que realizámos: “Baleizão – Aldeia amiga das pessoas idosas”, tem como inspiração o “Guia Global das Cidades Amigas das Pessoas Idosas” (2009). Pretendemos construir um projeto de intervenção comunitária em função das necessidades identificadas no “Diagnóstico de Saúde” efetuado na localidade de Baleizão (2010), definindo estratégias de forma a motivar o envolvimento da comunidade na construção deste projeto de saúde, uma vez que a intervenção comunitária tem como finalidade a resolução de problemas e a promoção das potencialidades de uma comunidade através de uma ação concertada entre vários agentes e a própria comunidade local, favorecendo assim a proximidade e implicando a comunidade na tomada de decisão e desenvolvimento de atividades orientadas para a obtenção de ganhos em saúde. É portanto um projeto de parcerias. O objetivo do projeto é estimular o envelhecimento ativo, através da criação de condições de saúde, participação e segurança, que proporcionem apoio e capacitação, reforçando a qualidade de vida durante o processo de envelhecimento, ao criar ambientes urbanos que permitam que as pessoas idosas se mantenham ativas, gozem de saúde e continuem a participar na vida social da sua comunidade. A abordagem ao projeto deve ser envolvente de forma a fomentar a participação ativa dos idosos em todo o seu processo, recolhendo opiniões acerca dos problemas manifestados pelos mesmos: que problemas existem? O que pode ser feito para melhorar? Aproveitando acima de tudo a vastíssima experiência e sabedoria que os idosos detêm, fornecendo sugestões de mudança na implementação do projeto. Existem cinco áreas de intervenção que considerámos importantes desenvolver: Espaços exteriores e edifícios (ambiente limpo, acessibilidade, zonas de descanso,…); Participação social (fomentar a integração na comunidade,…); Apoio Comunitário e serviços de saúde (oferta, adaptada aos idosos, …); Respeito e inclusão social (partilha nas escolas, reconhecimento pela comunidade, inclusão económica,…); Habitação (modificações segundo o grau de dependência).
Description: Dissertação de mestrado em Saúde comuntária, orientada por Maria Manuela Narciso Pereira, Instituto Politécnico de Beja, Escola Superior de Saúde.
URI: http://comum.rcaap.pt/handle/123456789/3969
https://repositorio.ipbeja.pt/handle/123456789/3969
Appears in Collections:D-SA - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
wcag
File Description SizeFormat 
Luís Rosa - Aldeia Amiga das Pessoas Idosas - 2012.pdf1.9 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.